Notícia

SulGesso recebe visita técnica de acadêmicos em Gestão Ambiental do IFSC

Empresa catarinense é referência em boas práticas ambientais e iniciativas que visam o bem estar da comunidade

Estudantes do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental do Instituto Federal Santa Catarina (IFSC), campus de Garopaba, realizaram visita técnica à SulGesso, em Imbituba, na última segunda feira, 20 de novembro. O grupo teve a oportunidade de conhecer a estrutura da empresa e o sistema de gestão ambiental adotado, especialmente as práticas em ESG (sigla, em inglês, para Ambiental, Social e de Governança) e atenção à educação ambiental.

Após as boas-vindas do CEO da SulGesso, Paulo César Côrtes Corsi, o diretor de ESG, Roger Rousseau detalhou o conjunto de padrões e boas práticas desenvolvidas na área. “As práticas ESG estão no DNA da SulGesso, quando observamos que nossos produtos estão inseridos na economia circular e que eles são utilizados para aumentar a produtividade agrícola, além de auxiliar na captação de carbono da atmosfera. Entendemos que devemos trabalhar em sinergia com a preservação dos recursos naturais a fim de dar longevidade ao negócio e principalmente à vida na Terra”, resumiu Rousseau. “Hoje temos diversos projetos que visam o bem estar da nossa comunidade, como o Programa Plástico Zero, Limpeza de Praia e a recente inauguração de uma usina de energia fotovoltaica, além do projeto Imbé. Para 2024, o nosso intuito é seguir com ainda mais força no tema ESG nos três diferentes pilares que englobam as práticas”.

O grupo ainda recebeu informações do consultor Rudemar Silveira da Cunha e da engenheira agrônoma da SulGesso, Morgana Tuzzi. “Foi um passeio completo. Eles conheceram o laboratório onde são realizadas as análises químicas dos produtos elaborados pela empresa e os locais de captação de resíduos, para posterior tratamento e descarte correto”, relatou Morgana. No Centro de Gestão Ambiental, puderam ver de perto o trabalho de preservação e replicação do Butia catarinensis, conhecido popularmente como butiá-da-praia. O local abriga um viveiro de plantas nativas e, nas proximidades, uma área de 250 mil metros quadrados é destinada à preservação do butiá. “Também apresentamos a câmara de germinação, que reduz para 45 dias o tempo o tempo de germinação dessas sementes, enquanto na natureza leva dois anos. Mostramos aos alunos o quanto é importante o ambiental estar atrelado ao empresarial e ao desenvolvimento industrial”, complementou.

O consultor Rudemar Silveira da Cunha explicou a importância das ações socioambientais e esclareceu dúvidas dos estudantes. “A gestão ambiental, assim como o amplo leque de atividades que ela envolve, vem ganhando relevância e atenção em empresas e governos. Mas tão importante quanto realizar esse trabalho é a forma como é desenvolvido. Do mesmo modo, repassar informações e abrir as portas para a comunidade, especialmente a acadêmica, também é importante e tem efeito muito positivo”, ressaltou o especialista.

A professora Gisele Francioli Simeoni, da disciplina de Ferramentas de Gestão Ambiental, contou que o interesse de conhecer a SulGesso partiu da própria turma. “Eles sabiam de ações que a empresa desenvolve nas escolas e também com os butiás”. Gisele afirma que o dia na SulGesso foi uma oportunidade ímpar de aproximar os alunos da realidade do mercado de trabalho. “Houve integração da teoria com a prática, além de proporcionar um momento para os alunos poderem conferir a importância dos aprendizados passados em sala na vivência das empresas. A partir do que conhecemos e visualizamos na visita à empresa, pode-se perceber o bom trabalho desenvolvido pela SulGesso em relação à gestão ambiental”.

Os estudantes gostaram da visita, conforme a professora Gisele. “Vários alunos comentaram sobre a satisfação com o que viram e aprenderam, também chamaram a atenção para a recepção e o acolhimento dos profissionais presentes. Com certeza, a SulGesso é exemplo de um sistema de gestão ambiental bem implantado e os estudantes levarão todos os aprendizados para sua vivência, em outras disciplinas e em suas vidas”.

Com 45 anos de atuação no mercado, sendo 22 no agronegócio, a SulGesso é voltada ao desenvolvimento de fertilizantes minerais e mantém a liderança na industrialização e comercialização de sulfato de cálcio no Sul do Brasil. Ao longo de sua história, vem promovendo ações de preservação do meio ambiente, que já foram reconhecidas em diversas oportunidades. Entre elas, recebeu o Prêmio ESG da Associação de dirigentes de Vendas e Marketing de Santa Catarina (ADVB-SC) por dois anos consecutivos, em 2021 e 2022, e o Prêmio de Inovação de Impacto Socioambiental da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado da Santa Catarina (FAPESC), em 2021.

Sobre a SulGesso 

Site: www.sulgesso.com 
Facebook: sulgessoagro 
Instagram.com/sulgesso 
Youtube: youtube.com/sulgesso

Texto: AgroUrbano Hub Comunicação
Tel: (51) 99165 0244 – Emerson Alves
Foto: divulgação SulGesso
www.agrourbano.com.br
Facebook: AgrourbanoComunicacao 
Instagram: agrourbano_comunicacao