Homem é preso em Imbituba por maus-tratos ao seu cão, um filhote de apenas quatro meses – Rádio Foco Livre

Homem é preso em Imbituba por maus-tratos ao seu cão, um filhote de apenas quatro meses

Um homem foi preso no início da tarde desta terça-feira (26), no bairro Vila Alvorada, em Imbituba, após ser denunciado por maus-tratos ao seu pet de estimação: uma cadela filhote de apenas quatro meses.

Uma dona-de-casa, moradora das imediações, presenciou a cena chocante, onde o “dono” batia e sacudia o filhote, segurando-o pelas orelhas, gravou toda a agressão e entrou em contato com as protetoras da Os Viralatinhas – Proteção Animal de Imbituba.

A fundadora da entidade, Michelli de Sá Duarte, foi imediatamente ao local e tentou conversar com o agressor, que estava visivelmente alcoolizado e sob o efeito de algum outro tipo de droga. Sentindo-se ameaçado, após ser informado que a polícia estava a caminho ele chegou a jogar-se ao chão fingindo mal súbito entre outros artifícios para tentar escapar do flagrante de covardia, tentando inclusive, ao perceber que a situação se agravava, agredir às pessoas que estavam ali defendendo o animalzinho doméstico vítima de seus maus-tratos.

A denunciante disse à protetora que já havia presenciado outras cenas de violência do agressor, não só contra o cachorrinho como também contra a sua própria mulher.

Minutos mais tarde, por volta das 14h, policiais do 34º Batalhão da PM de Imbituba chegaram ao local e prenderam o indivíduo que foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Imbituba onde a ocorrência se estendeu por mais de quatro horas entre tratativas e depoimentos de todos os envolvidos.

Por volta das 18h20, foi decidido que a tutela da cachorrinha ficaria com Os Viralatinhas e ainda na noite desta terça, a filhote foi adotada por uma policial que passou a ser a responsável pelo filhotinho.

O homem foi preso com base em leis federais, estaduais e municipais, que preveem prisão para quem maltratar animais, sendo eles silvestres ou domésticos. Foi o primeiro caso de prisão por maus-tratos registrado em Imbituba.

O assunto ganhou grande repercussão e foi acompanhado através de uma “live” gravada pelas protetoras.

O vereador Bruno Pacheco (PSB) postou em suas redes sociais um agradecimento a todas as pessoas que saíram em defesa da cachorrinha e destacou a importância da ocorrência que, segundo ele, “servirá de alerta a todos os responsáveis por animais que pratiquem algum tipo de violência contra esses seres inocentes”. Bruno desde o início de seu mandato tem sido defensor da causa animal e já apresentou projetos sobre esse importante tema, alguns já transformados em Lei, como a Lei que instituiu a Semana Municipal de Conscientização sobre os Direitos dos Animais Domésticos e Silvestres (Lei 5219/2021) e em sua atuação na luta pela manutenção e ampliação do Centro do Bem Estar Animal de Imbituba.

A fundadora da Os Viralatinhas, que teve um papel fundamental para que a denúncia fosse a termo, deixou uma mensagem de agradecimento às pessoas que se empenharam em todo o processo e que culminou com a prisão do agressor.

“Quero agradecer em especial ao policial Adson Canto, e toda a equipe que estava com ele, foram sensacionais; à Silvana, mulher corajosa e forte que mesmo correndo riscos, confiou nas leis; à Tatiane Colares, da Associação APAG (Proteção Animal de Garopaba) e ao nosso vereador Bruno; à Dra. Maitê, da Clínica Anjos da Guarda Vet, que estava de prontidão, e a Clinvet Hospital Veterinário, e dizer que estamos dispostos a firmar os passos juntos a todos os protetores de Imbituba em prol da causa dos animal”.